top of page

trabalhar com psicoterapia dá dinheiro?

Pra maioria dos profissionais de terapia não dá nem pra pagar as contas do mês, já outros constróem patrimônio e desfrutam de uma ótima qualidade de vida, inclusive financeira.


Bom, se você chegou nesse artigo achando que eu só falaria sobre como ganhar dinheiro com psicoterapia é bem provável que você está lendo um artigo meu pela primeira vez. Se for o caso bem vindo(a)!


Pra você ter uma referência, de acordo com os dados da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge), o preço médio de um consulta paga pelas operadoras de plano de saúde é de R$ 80 e o CFP (Conselho Federal de Psicologia) em sua tabela de honorários de 2022 define o valor mínimo de R$ 199 por sessão individual de psicoterapia existem psicólogos recebendo, por atendimento particular R$ 30, R$ 50 e de alguns planos de saúde cerca de R$ 20 por sessão. Isso mesmo que você leu, vinte Reais.


Então não posso jamais afirmar que trabalhar com psicoterapia dá dinheiro, por que não dá!

E é justamente por achar que o simples fato de fazer uma faculdade de psicologia ou um curso de formação já é o bastante que a grande maioria não consegue ganhar dinheiro.


E associe isso à inseguranças, crenças limitantes, falta de estratégia e etc ai é que ferrou tudo!


VAMOS FAZER CONTAS?


Digamos que você cobre R$ 80 (o que supostamente ganha um psicólogo do plano de saúde, segundo a Abrange) atenda 02 clientes por dia, trabalhe apenas 05 dias por semana. Estamos falando de R$ 800 por semana, R$ 3.200 por mês.


Se dobramos essa quantidade de clientes, 4 clientes por dia, 5 dias por semana vamos para um faturamento de R$ 6.400. Hipoteticamente, você com 8 clientes por dia, seguindo essa mesma linha de pensamento chegamos à R$ 12.800.


Ainda no campo das hipóteses você investiu em mais capacitação, especializou-se, agora tem alguém fazendo uns "postzinhos"no Instagram pra você e você decidiu "dar uma subidazinha"no preço da sessão, não muito pra não perder os clientes agora cobra R$ 100. Continua com 8 clientes por dia, 5 dias por semana, o faturamento já chega à R$ 16.000.


Ou Seja, é possível !!


EU QUERO, COMO FAÇO?


Bora lá, papo franco como sempre: esse artigo não vai te ensinar como fazer isso. Mas vai te dar alguns direcionamentos que podem te levar até lá. Segue lendo que vou te dar alguns direcionamentos:


01 SAIA DE NÁRNIA !

Sua mente muito provavelmente ainda está em Nárnia, achando que o título profissional significa mais do de fato ele é. O Título é APENAS a comprovação da sua habilitação para trabalhar e não sei se você já notou, tem mais psicoterapeuta do que arvore por aí. Óbvio que não só a formação, mas também a busca contínua de novos cursos, títulos é importante. Mas nada disso, por si só, trás faturamento!


02 DEIXE DE PARANÓIAS !

Está insegura(o) para atender? contrate algumas sessões de supervisão! Não sabe usar as redes sociais? Pague alguém pra fazer ou faça um curso para aprender! Tem questões emocionais que estão afetando? Faça terapia! Mas ficar eternamente tentando sustentar tudo isso se enganando com justificativas não vai resolver.


03 SE LIVRE DA "SÍNDROME DE CRISTO"

Você não veio ao mundo para salvar a todos, então para com essa mania de ficar bancando terapeuta de todo mundo, especialmente os de casa. Enquanto você continuar vendo a sua profissão apenas como uma missão e se vendo como salvador(a) de tudo e todos, além de aumentar ainda mais a insegurança pra cobrar pelas sessões você se sobrecarrega em todos os sentidos.


04 POSICIONE-SE!

Quem você é profissionalmente, qual é a sua identidade profissional, você é ou não psicoterapeuta. Enquanto psicoterapeuta, quais seus valores, quais características você possui que te tornam único(a)? Não sabe? Encontre e mostre!


Mostre nas redes sociais, nos encontros profissionais, nos ciclos sociais em que hajam potenciais indicações. Mostre em vídeos, posts, artigos. Mostre na sua postura corporal, na roupa, nas atitudes.


Não tem? Construa! Se mexa, bora!


05 ESPIONE SEM IMITAR!

Quem são os profissionais que conseguiram o que você quer conseguir? Liste pelo menos 3 veja o que eles fazem e dá certo, se inspire e faça com a SUA identidade.


O que eu mais vejo atualmente nas redes sociais são "cópias baratas"de outras pessoas. Se você visita 10 perfis de psicoterapeutas diferentes parece que eles dividem o mesmo designer pra ficar mais barato e postam tudo igual. Se reunem pra ensaiar como falar e se vestir e fazem tudo quase igual.


Aprenda com os melhores, mas deixe claro sua marca pessoal.


06 SEJA CONSTANTE!

Erro básico de 9 em cada 10. Começa, não vê resultado imediato, se desmotiva e para. Nem criança faz o que quer quando quer. Decidiu se posicionar, não se apegue a quantidade e sim na qualidade dos conteúdos e mantenha a constância.

Não inventa de fazer dancinha! Instagram e Tiktok são redes de consumo rápido de conteúdo, "pílulas"que abordem as dores da audiência e mostrem que você pode ajudar a resolver. Youtube é rede social pra quem está procurando respostas: porque, como...

Não vou te dar aula de rede social, como falei antes, se mexe...


07 É SEU GANHA PÃO!

Ou você encara a sua profissão como um negócio além de um propósito, esqueça tudo o que eu falei até aqui. E todo negócio precisa de planejamento, estratégias, gestão e racionalidade. Todo negócio pede visão empreendedora, mentalidade próspera e estratégica e MOVIMENTOS.


"É justo que muito custe o que muito vale" - Santa Tereza D'Ávila.


Então te pergunto, quando um cliente chega até você com um dilema, angústia, ansiedade e etc. Quanto vale ter isso resolvido ? Quando o cliente te da o Feedback você percebe o valor que ele deu ao seu trabalho claramente, mas sua mente ainda cheia de crenças de escassez não permite que você enxergue isso.


Então vou te ajudar:

  • quanto, em dinheiro você investiu até hoje em cursos?

  • quanto, em dinheiro você investiu em livros até hoje?

  • quanto, em dinheiro você investiu em outras coisas agregadas à sua profissão até hoje?

  • Agora em tempo, atenção, abdicação você investiu até hoje?

Ainda não foi o bastante?


“Nada na vida é tão caro quanto a doença – e a estupidez” (Freud, 1913/1996, p. 148).


Então, atendimento gratuito só em duas situações: quando você está se formando ou 01 horário livre pra fazer ação social. Sessão inicial gratuita, esqueça!


Quando o cliente fizer contato com você, que costuma ser pelo whatsapp, envie um audio se apresentando, falando como funciona seu trabalho e pergunte: o que te fez buscar terapia?


Ouça os áudios, faça ali mesmo um breve acolhimento inicial e explique que você trabalha com uma sessão inicial no valor de "X", nessa sessão como você já sabe a demanda é possível iniciar o processo e caso o cliente deseje dar andamento vocês entrarão em consenso sobre a frequência dos encontros e o valor de cada sessão "X" com a opção de pagamento mensal com desconto. Em seguida pergunte qual o melhor turno para a pessoa (dentro dos turnos que você atua) - JAMAIS PERGUNTE AO CLIENTE QUANDO ELE QUER AGENDAR!


O Psicoterapeuta que fala isso ao cliente que passa a impressão de que está sempre disponível, ou seja não tem outros clientes.


Ainda que sua agenda esteja muito vaga, ofereça no máximo 3 horários dentro do turno que fica melhor para o cliente. Quando ele falar o melhor horário de pronto marque a sessão.


Duas sugestões que eu uso e facilitam muito minha gestão de clientes e de cobranças: Simples agenda (para gestão de clientes) e o banco Assas para gerar as cobranças dos clientes.


Agora é contigo!



6 visualizações0 comentário

Comments


Obrigado pelo envio!

bottom of page